"Fudum"

Família é retirada de avião por estar com “odor forte”

A companhia aérea declarou que os três foram encaminhados a um hotel para descansar e comer até à manhã seguinte

Reprodução

A tripulação de um voo da American Airlines que fazia a ligação entre Miami, na Florida, e Detroit, no Michigan (Estados Unidos da América) expulsou uma família do avião após outros passageiros reclamarem do “odor corporal” do casal e da filha de um ano.

Yossi Adler, Jennie e a filha embarcaram na última quarta-feira, 23, mas nem chegaram a sair da pista. Em comunicado, a transportadora aérea norte-americana explicou que “pediu” a retirada da família da aeronave pois os funcionários “estavam preocupados com o conforto dos restantes viajantes”.

Ainda no mesmo documento, a companhia aérea declarou que os três foram encaminhados a um hotel para descansar e comer até à manhã seguinte, data para a qual foi agendado um novo voo.

Entretanto, a família Adler tem outra versão da história. Segundo Yossi, eles foram escoltados para fora do avião e, só depois, foram informados do motivo. “De repente, assim que eles nos tiraram, eles fecharam o portão e disseram: ‘Desculpe, senhor, algumas pessoas reclamaram que vocês estão com odor corporal e não vamos deixar vocês voltarem’”, contou ao veículo.

Indignada, a família disse que ainda espera uma explicação da American Airlines sobre o que realmente aconteceu. “Isso é extremamente embaraçoso. Nós paramos pessoas no aeroporto e perguntamos se cheirávamos mal. Não há nada de errado conosco. Queremos saber o que aconteceu”, completou Yossi.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS