Crime

Motorista de Uber é assassinado durante assalto na Liberdade

A vítima foi baleada nas costas e chegou a ser socorrida, sendo encaminhada ao Hospital Socorrão I, no Centro, mas não resistiu ao ferimento

Reprodução

Mais um brutal crime foi registrado na capital maranhense. Na noite do último domingo (6), por volta das 19h30, o motorista do aplicativo de transporte Uber, identificado como Edmilson Pimenta Azevedo, de 54 anos, foi morto com um tiro, em uma tentativa de assalto na Avenida Luiz Rocha, no bairro da Liberdade.

A vítima foi baleada nas costas e chegou a ser socorrida, sendo encaminhada ao Hospital Socorrão I, no Centro, mas não resistiu ao ferimento.

A princípio, a polícia suspeita que duas pessoas tenham participação no latrocínio. Ainda não se sabe se os criminosos solicitaram a carona pelo aplicativo ou se abordaram o veículo e entraram para cometer o assalto.

Dentro dele, eles teriam disparado a arma de fogo várias vezes, sendo que Edmilson foi atingido nas costas.

O motorista ainda tentou dirigir por alguns metros, mas acabou subindo em um canteiro e batendo em uma árvore. No carro, um GM Corsa Classic, de cor prata, tinham três perfurações de tiros.

Uma perícia vai ser realizada esta semana no veículo. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de São Luís.

A Uber se manifestou através de nota. confira!

Estamos profundamente entristecidos em saber que o Edmilson Azevedo foi vítima desse crime terrível. Compartilhamos nossos sentimentos de mais profundo pesar com a família do Edmilson. A Uber está à disposição para colaborar com as investigações, na forma da lei, e esperamos que as autoridades tragam o responsável à justiça o mais rápido possível.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS