Brutalidade

Celular de prefeito morto vai ajudar na identificação dos assassinos

O aparelho, de acordo com informações das autoridades, seria muito importante para chegar as assassinos. O celular foi encontrado às margens da BR-010, por familiares do prefeito

Reprodução

Após buscas, o celular do prefeito Ivanildo Paiva, executado a tiros, na noite do último sábado (10). O aparelho, de acordo com informações das autoridades, seria muito importante para chegar as assassinos.

O celular foi encontrado às margens da BR-010, por familiares do prefeito.

Os criminosos chegaram à fazendo de Ivanildo em um veículo prata, eles pegaram informações sobre a fazenda e teriam procurado pelo proprietário, que ainda não tinha chegado.

Na manhã de domingo (11), algumas pessoas que moram em uma casa que fica dentro da fazenda da vítima, foram até a casa-sede da fazenda e encontram toda bagunçada. Nas busca ao prefeito que encontram o corpo a 2 km da sede. No trajeto uma corda foi encontrada, onde a suspeita de que o antes de matar o prefeito, eles teriam amarrado ele.

A Força Tarefa da polícia, que está nas investigações, formada por delegados da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) de Imperatriz e outra equipe vindo de São Luís, comandada pelo delegado Jeffrey de Paula, vão utilizar o aplicativo de rastreamento do celular para saber qual o trajeto por onde os assassinos passaram até o local onde jogaram o aparelho.

Caso o veiculo tenha parado em algum local em Davinópolis ou se pararam para abastecer em algum posto em Imperatriz, esses pontos devem ter câmeras de videomonitoramento, que serão utilizadas para identificar os suspeitos.

O corpo do prefeito chegou na madrugada desta segunda-feira (12) para ser velado. O sepultamento acontece as 17h no Cemitério Campo da Saudade, bairro Santa Inês, em Imperatriz, no mesmo tumulo onde o filho Ivanildo foi sepultado.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS