Itaqui-Bacanga

Fábrica de armas é fechada em ação da polícia no Fumacê

Foram apreendidas duas armas de fogo, sendo uma pistola calibre 380 e um rifle calibre 44, bem como diversas peças de armamentos e ferramentas, que seriam usadas para a manutenção ou fabricação de armas

Reprodução

Uma fábrica de armas clandestina foi fechada na área Itaqui-Bacanga, em São Luís. A ação foi da Polícia Civil, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), que desarticulou a oficina clandestina de manutenção e fabricação de armas de fogo, que funcionava no bairro Fumacê.

Uma pessoa foi presa no local. O suspeito foi identificado como Luís Augusto de Oliveira, mais conhecido como “Guto”, 45 anos.

Durante a diligência de fogo, que seriam distribuídas entre criminosos na região metropolitana de São Luís.

Diante das circunstâncias dos fatos, Guto foi encaminhado ao Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO), da Seic, onde foi autuado em flagrante pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo, previsto no art. 17 da Lei 10.826/03 (Estatuto do Desarmamento).

Além dos armamentos, um projeto de montagem de uma metralhadora foi encontrado no local e um alvo, utilizado em clubes de tiros, além de munição de vários calibres, inclusive de fuzil.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS