São Luís

Três pessoas morrem em dois dias na região do Coroadinho

Uma das vítimas foi assassinada por 10 pessoas a tiros e golpes de facão, enquanto dormia na casa da mãe. A polícia já identificou os criminosos

Reprodução

A região do Coroadinho foi palco de três mortes, sendo que duas foram crimes brutais e um achado de cadáver. A primeira morte foi registrada na madrugada do último domingo (4), um homem foi assassinado a golpes de facão e tiros, na Rua Brasil, Vila São Sebastião, na área do Coroadinho. O crime aconteceu na casa da mãe da vítima.

Após o assassinato, a polícia caiu em campo e conseguiu identificar os suspeitos. Seriam 10 pessoas que invadiram a residência onde Luciano de Carvalho estava dormindo e o executaram. Eles são moradores do Morro do Zé Bombom.

A segunda morte foi por volta das 11h, da segunda-feira (5), na Praça Mestre Felipe, localizada na Vila Conceição, no Coroadinho.

A vítima foi identificada como Eriko da Silva Pereira, de 37 anos, morto a tiros. De acordo com informações, Ériko era mototaxista e trabalhava em um posto no Coroado, quando pegou um passageiro. Quando chegou nas proximidades da praça, homens o abordaram e atiraram várias vezes contra ele. O passageiro conseguiu fugir sem ser ferido.

As investigações foram iniciadas e o crime pode ter sido uma execução, pois nada foi levado da vítima. Em um dos bolsos de Eriko foi encontrado R$ 400. A polícia também investiga a participação de membros de uma facção criminosa no crime.

Achado de cadáver

Também no Coroadinho, um corpo, do sexo masculino, foi encontrado nas proximidades da Praça Mestre Felipe. O homem teria sido vítima de uma overdose. Peritos do Instituto de Criminalística (Icrim) e Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local e recolheram o cadáver, para ser periciado.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS