Crime

Mulher é morta brutalmente com 13 tiros na porta de casa

A vítima estava pegando a moto e se preparava para subir no veículo, quando dois homens chegaram em outra moto e dispararam várias vezes

Reprodução

Uma mulher foi morta brutalmente na cidade de Pedreiras, interior do Maranhão.

O município, que fica distante cerca de 250 km da capital maranhense, foi palco para o assassinato de Rosileide Grangeiro Souza, mais conhecida como “Leda”, de 33 anos.

Ela foi morta com 13 tiros, na porta de casa, antes de levar a filha para a escola.

De acordo com informações policiais, a vítima estava pegando a moto e se preparava para subir no veículo, quando dois homens chegaram em outra moto e dispararam várias vezes contra Leda. A mulher morreu no local.

As investigações apontam para crime de execução, pois no dia 8 de abril de 2014 o marido de Leda também foi assassinado.

Identificado como “Taumartugo”, ele foi morto quando se deslocava em uma moto, na cidade de Pedreiras. Rosileide estava na garupa do veículo no momento em que os atiradores chegaram e executaram o homem.

A polícia investiga se existe alguma ligação entre o assassinato de Taumartugo e o da esposa.

Imagens das câmeras de videmonitoramento das residências próximas ao local do crime serão analisadas para identificar os suspeitos do crime.

O caso aconteceu na Rua Vicente Benigno, no bairro Novo Seringal.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS