Série B

Sampaio tem péssimo aproveitamento dentro do Castelão

O time maranhense venceu apenas sete dos 16 jogos disputados dentro do Estádio Castelão. Também foram 18 gols sofridos e apenas 16 marcados

Reprodução

Após respirar fora da zona de rebaixamento e enxergar uma luz no fim do túnel na Série B do Campeonato Brasileiro, o Sampaio Corrêa voltou a “vacilar” dentro de casa e retornou à zona da degola.

O Tricolor Maranhense entrou na 32ª rodada com a chance de se distanciar do Z4, mas foi derrotado de virada pelo Londrina-PR, time comandado pelo ex-treinador da Bolívia Querida, Roberto Fonseca.

Com mais essa derrota em casa, o time ocupa a 17ª colocação na tabela com 32 pontos, assim como Paysandu-PA e Juventude-RS, este último que será o próximo adversário do Sampaio, em partida válida pel 33ª rodada da competição.

O Tricolor maranhense está nesta situação por diversos fatores, como mudanças de treinadores e outros. Mas podemos dizer que o fator casa influenciou bastante, pois o time não fez do Castelão, um caldeirão onde sobrava dentro de campo em outros anos.

Nesta Série B do Brasileiro, a Bolívia Queria fez 16 partidas diante sua torcida, sendo que foram cinco vitórias, quatro empates e sete derrotas. Dos 48 pontos disputados, apenas 19 foram conquistados, ou seja, 39,6% de aproveitamento em casa. Nos 16 jogos que fez no Castelão, levou 18 gols e marcou 16.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS