Brutalidade

PM que bateu e atirou em homem tem prisão decretada

O PM agrediu e atirou do pé no funcionário público Anderson Pereira da Silva, na madrugada da última segunda-feira, dia 24 de setembro

Reprodução

Na noite deste sábado (29), o juiz Osmar Gomes, titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri, respondendo pelo Plantão Criminal, decidiu pedir a prisão preventiva do soldado da Polícia Militar do Maranhão, Eduardo da Luz Soares.

O PM agrediu e atirou do pé no funcionário público Anderson Pereira da Silva, na madrugada da última segunda-feira, dia 24 de setembro. O caso foi registrado por câmeras de segurança da conveniência que fica em um posto no Itapiracó, nas proximidades do bairro da Cohab.

O soldado Eduardo Soares está preso no Comando Geral da Polícia Militar, localizado no Calhau, e será ouvido nesta segunda-feira (1º), pelo delegado Carlos Damasceno, que está investigando o caso.

O segundo homem que também agrediu Anderson da Silva também já foi identificado e deverá prestar depoimento na delegacia nos próximos dias. A vítima continua internada sem previsão de alta.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS