Dedo duro

Suspeita de assassinar vizinha é presa após “caguetagem”

A captura de Rosângela Silva Santos foi por conta de mandado de prisão preventiva. Ela teria esfaqueado vizinha Maria José Silva no dia 15 de julho, no Residencial Morada do Bosque II, Paço do Lumiar

Reprodução

Uma operação da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), em conjunto com com a Polícia Civil do Distrito Federal, capturou uma mulher suspeita de ter assassinada a vizinha, em julho deste ano, na cidade de paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís.

A captura de Rosângela Silva Santos foi por conta de mandado de prisão preventiva. Ela teria esfaqueado vizinha Maria José Silva no dia 15 de julho, no Residencial Morada do Bosque II, Paço do Lumiar.

Informações anônimas através do Disque Denúncia, apontaram que, após o crime, Rosângela fugiu para a cidade de Brazilândia, no Distrito Federal.

Uma equipe da SHPP se dirigiu até o local indicado e, com o apoio de policiais da Coordenação de Homicídios do DF, localizou Rosângela e efetuou a prisão. A mulher foi recambiada para São Luís, onde deverá aguardar a decisão judicial.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS