Crime

Sete suspeitos são presos por explosão de banco no interior

Sete pessoas suspeitas de envolvimento a explosão de banco no Maranhão são presas em ação da polícia. Eles ainda metralharam uma viatura da PM

Reprodução

Uma mega operação culminou na prisão de sete pessoas, suspeitas de participação na explosão a banco na cidade de São Luiz Gonzaga, distante 209km de São Luís. O crime foi no dia 6 de setembro. Os primeiros a serem presos foram Valdivino Vieira e Aline Moreira Lima.

Na continuidade das investigações, os policiais identificaram os demais integrantes da quadrilha e prenderam mais cinco pessoas: Marbyo Alves da Costa, Jacinto de Souza Silva, Bruno Milhomens, Joaquim Henrique Silva Neto e Itamar de Sousa Salles.

Alguns dos envolvidos que foram detidos tem passagenes pela polícia por crimes como: roubo, furto, porte de arma e receptação de produtos roubados.

A Polícia Civil informou que os sete presos responderão por associação criminosa armada e destacou que as equipes policiais continuam fazendo diligências, com o objetivo de prender mais outros envolvidos e apreender todo o armamento utilizado na explosão da agência bancária.

Entenda o caso
No dia 6 de setembro, cerca de 10 homens fortemente armados foram até São Luís Gonzaga para assaltar uma agência bancária. Antes da ação criminosa, os integrantes da quadrilha atiraram contra uma viatura da Polícia Militar.

Depois do ataque aos policiais militares, a quadrilha foi até a agência bancária, onde detonou vários explosivos para conseguir abrir o cofre, sendo que a agência ficou destruída. Os criminosos fugiram e fizeram moradores reféns, e só os libertaram na saída da cidade.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS