Oportunidades

PRF vai abrir concurso com 500 vagas e salários de R$ 9,9 mil

Liberação do edital do concurso para policial rodoviário depende apenas da contratação da banca, que pode ocorrer a qualquer momento. Nível superior e iniciais de R$ 9,9 mil

Reprodução

O edital do novo do concurso público da PRF deverá ser publicado neste mês. A previsão já havia sido divulgada, extra-oficialmente, durante a cerimônia de posse do novo superintendente da PRF em Pernambuco, Alexandre Rodrigues da Silva, que também afirmou que o documento será liberado em setembro. Embora a distribuição de vagas por estados ainda não tenha sido divulgada, antecipou que o estado contará com uma oferta de 14 postos.

O concurso será para o preenchimento de 500 vagas para o cargo de policial rodoviário. A autorização do concurso, publicada em 27 de julho, determina um prazo de até seis meses para a publicação do edital, ou seja, até 27 de janeiro. Porém, o órgão não deve aguardar este limite para iniciar o certame.

De qualquer forma, o quantitativo não deve suprir as necessidades do órgão. De cordo com o diretor-geral da PRF, Renato Dias, a PRF precisa de 3.000 novos servidores, que podem ser convocados pelo aproveitamento de remanescentes do novo certame, independente da oferta imediata de 500 vagas. O motivo é que, somente em 2018, aproximadamente 2.000 servidores deverão se aposentar.

No mesmo memorando encaminhado ao Planejamento, foi sugerido que seja autorizado um concurso público sempre que o número de postos vagos exceder a 5% dos respectivos cargos ou com menor número, de acordo com a necessidade e critério do Ministério da Justiça.

Concurso PRF: sobre o cargo de policial rodoviário
Para concorrer ao cargo de policial rodoviário é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A jornada de trabalho dos servidores é de 40 horas semanais.

A remuneração inicial da é de R$ 9.931,57, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

Além disso, de acordo com a lei 13.371, sancionada pelo presidente Michel Temer em 2016, os servidores contarão com mais um reajuste, em janeiro de 2019, quando o salário passará a ser de R$ 10.357,88, também com o benefício.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS