Crime

Aluno é executado com vários tiros por “colega” de escola

Execução de jovem choca cidade de Pinheiro. A vítima estava com uniforme escolar e caderno. Autor dos disparo pode ser da mesma escola do morto

Reprodução

Um jovem de 18 anos foi executado após uma perseguição em Pinheiro. O crime chocou a população da cidade por conta da brutalidade e frieza do assassino, que foi flagrado por câmeras de videomonitoramento, das residências que ficam nas proximidades do local da execução.

Weligton Bruno Ramalho Pimenta foi morto no bairro João Castelo, na Lanchonete Goleiro Lanches.

As câmeras registraram uma pessoa corrêndo e sendo perseguido por dois homens em uma moto. O rapaz foi baleado e caiu na lanchonete. O garupa da moto, desceu recarregou a arma e deu mais um tiro no rosto de Weligton, que morreu no local.

Os policiais militares receberam a informação dos tiros e se deslocaram até o endereço fornecido na denúncia. Ao chegarem se depararam que se tratava de um jovem que estava vestido com uniforme escolar.

Fora cinco tiros que atingiram o rapaz, sendo dois tiros nas costas, dois no tórax e um no rosto.

De acordo com informações, o homem que efetuou os disparos também estava vestido com fardamento escolar.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS