Brutalidade

Padrasto é preso por degolar criança de 9 meses com facãozada

O principal suspeito da crueldade é o próprio padrasto da criança, que teria atacado a vítima, de apenas oito meses, com um golpe de facão no pescoço

Reprodução

Um crime brutal chocou a cidade de Governador Edison Lobão, localizada na região Tocantina. Uma criança de apenas 9 meses foi morta, na tarde desta segunda-feira (30).

O principal suspeito da crueldade é o próprio padrasto da criança, que teria atacado a vítima com um golpe de facão no pescoço. Francielson Gomes Pereira, de 18 anos, quase decapitou a criança. Ele foi preso após o crime.

Mateus Santos da Silva de Matos ainda chegou a ser encaminhado para um hospital, mas não resistiu ao grave ferimento e morreu.

A Polícia Militar colheu informações sobre o caso no local do crime, que revelaram que Francielson e a mãe da criança moravam juntos, mas se separaram há poucos meses.

O supeito nunca se conformou com a separação. Como a ex-companheira não queria mais continuar com o relacionameto, Francielson, revoltado com a situação, teria arrombado a porta da casa, matando a criança com o facão.

O padrasto foi capturado e apresentado na 10ª Delegacia Regional de Imperatriz.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS