Vacilou!

Suspeito de assassinato morre em confronto com a Polícia Militar

Homem mata “desafeto” e morre em confronto com a Polícia Militar minutos após de cometer o assassinato

Reprodução

Duas mortes logo no ínicio da semana na cidade de Pinheiro, localizada na Baixada Maranhense. Um homem foi assassinado a tiros e o principal suspeito morreu em troca de tiros com a Polícia Militar.

O caso foi registrado na madrugada desta segunda-feira (23), quando PMs de uma guarnição da Polícia Militar teriam ouvido tiros, nas proximidades do Quartel da PM. O local dos tiros foi um bar, conhecido como “Encontro de Amigos”.

Os militares foram até o local e ao chegarem encontram um corpo, que seria de um homem conhecido como “Rondinho”. A vítima foi assassinada a tiros. Rondinho tinha passagem pela policia pela participação no assalto aos Correios, da cidade de Peri Mirim.

Informações colhidas no local do homicídio apontavam como autor Júlio César Soares Reis, o “Jully”, que seria integrante da facção criminosa Comando Vermelho (CV) e suspeito de vários homicídios em Pinheiro.

A guarnição começou a realizar buscas para encontrar o suspeito do crime e avistou duas pessoas em uma moto, que caíram ao fazer uma manobra brusca. Os policiais deram voz de prisão, mas a dupla iniciou uma troca de tiros, onde Jully foi baleado e morreu. O comparsa de Jully conseguiu fugir. Com o homem morto no confronto foi encontrado um revólver calibre 38 e munição.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS