Maremoto

Moto e MAC definem quem vai para a final do Maranhense

Maremoto desta quinta-feira vale cerca de meio milhão para quem passar para a final do Campeonato Maranhense. Moto e MAC duelam às 21h45, no Castelão

Moto e MAC não mexeram no placar no primeiro jogo, no último domingo

Moto Club e Maranhão Atlético decidem, nesta quinta-feira (22), às 21h45, no Estádio Castelão, quem vai para a final do Campeonato Maranhense 2018. As duas equipes empataram sem gols no último domingo (18), e a segunda partida das semifinais da competição está em aberta. O Papão do Norte tem a vantagem de poder empatar, que avança para a final. Já o Bode Gregório precisa vencer o jogo.

Para esta partida, muito está em jogo, pois uma vaga na final vale uma oportunidade na Copa do Brasil de 2019, ou seja, R$ 500 mil nos cofres do time que chegar na decisão do campeonato.

As equipes de Moto e MAC
Pelo lado rubro-negro, o técnico Marcinho Guerreiro deverá fazer apenas uma alteração na equipe, pois Diego Renan está suspenso por conta do terceiro amarelo. no lugar dele o treinador tem duas opções: Mateus Rubens e Wesley, zagueiro que já atuou na lateral-direita improvisado. Mateus é ala de ofício.

Dessa forma, a equipe que deve ir a campo é: Rodrigo Ramos; Wesley (Mateus Rubens), Betão, Wanderson e Chico Bala; Rafael Santos, Bruno Menezes, Everlan e Jailson; Ricardo Maranhão e Val Barreto.

Pelo lado do MAC, Meinha tem o retorno de Felipe Costa à equipe titular. O meia já tinha entrado no segundo tempo do primeiro jogo, mas agora deve iniciar a partida. Por outro lado, o zagueiro Patrick deve ser desfalque, pois sentiu o joelho durante o Maremoto e teve que sair ainda no primeiro tempo.

O time que deve entrar em campo é: Fábio; Emerson, Lucas e Rômulo Ferreira; Denílson, Sandro Bacabal, Luis Fernando, Eloir, Válber e Felipe Costa; Cris.

Quem passar desta fase enfrentará São José ou Imperatriz na final do Estadual. As duas equipes se enfrentam no sábado (23), às 19h30, no Estádio Frei Epifânio, em Imperatriz. Na primeira partida, as equipes também não saíram do zero.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS