Temporada 2018

Sampaio Corrêa tem queda de aproveitamento em 50%

Após vitória sobre o Ceará, no dia 15 de fevereiro, o Sampaio Corrêa teve uma queda de 50% de aproveitamento. A equipe chegou a 83% e reduziu para 33%

Com a derrota para o Ceará, o Sampaio chegou a quarta na temporada 2018, sendo que três foram no Maranhense

O Sampaio Corrêa começou bem a temporada com um mês e dez dias de invencibilidade. Foram oito jogos sendo seis vitórias e dois empates, conquistando 20 dos 24 pontos disputados, com 83% de aproveitamento. Após cerca de um mês de competições, o Tricolor perdeu 50% de aproveitamento e caiu para 33%.

O time estava disputando três competições ao mesmo tempo, fora amistosos. Dirigentes alegam cansaço da equipe como principal motivação para as derrotas.

Mas após a vitória contra o Ceará, por 1 x 0, no 15 de fevereiro, o Tricolor iniciou uma queda de rendimento. As equipes jogaram no Estádio Castelão, pela terceira rodada da Copa do Nordeste.

Após esse resultado positivo, a Bolívia Querida foi a Imperatriz, no dia 17 de fevereiro, onde conheceu sua primeira derrota em 2018. Jogando abaixo do esperado, o time perdeu por 2 x 0 para o Cavalo de Aço.

Cinco dias depois, o Tricolor recebeu o Paraná, pela Copa do Brasil, vencendo por 1 x 0, no Castelão.

Daí o time caiu bruscamente de rendimento, perdendo para MAC (Campeonato Maranhense), empatando com a Ponte Preta (Copa do Brasil), e foi derrotado em casa pelo Cordino (Campeonato Maranhense).

A derrota para a Onça de Barra do Corda custou a eliminação do time no Estadual. Nas arquibancadas do Gigante do Outeiro da Cruz, o que se viu foi indignação da torcida.

Já eliminado do Maranhense, o técnico Francisco Diá colocou um time reserva para “cumpri tabela” na competição. O Sampaio venceu o São José por 2 x 0.

No último fim de semana, mais um compromisso importante, pois a equipe tinha pela frente o Ceará, pela quarta rodada do Nordestão, mas dessa vez na Arena Castelão, em Fortaleza-CE. Mesmo saindo na frente, o Tricolor sofreu a virada e saiu com a derrota.

Ao conhecer o primeiro resultado negativo, no dia 17 de fevereiro, em Imperatriz, foram sete jogos, sendo apenas duas vitórias, um empate e quatro derrotas, conquistando 33% de aproveitamento. Comparando com o início da temporada, o Sampaio perdeu 50% de aproveitamento após a oitava partida da competição.

Partidas oficiais
Contabilizando apenas as partidas oficiais, foram 14, entre as copas do Nordeste e Brasil, além do Estadual. O Sampaio disputou 14 partidas, venceu 7, empatou 3 e perdeu 4, sendo que somente no Maranhense foram três derrotas consecutivas.

Dos 42 pontos disputados, o time conquistou 24, com 57% de aproveitamento. Marcou 19 gols e sofreu 10, com um saldo de 9 gols.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS