Violência contra a mulher

Homem é detido por manter a mulher “presa” em casa

A Polícia Militar foi acionada para averiguar uma denúncia de que a mulher estava sendo mantida em cárcere privado, na Rua 47 do bairro Jardim São Cristóvão II

Paulo Junior ainda tentou agredir os policiais militares

No bairro Jardim São Cristóvão, Paulo Sérgio Arraes Gomes Junior foi detido por suspeitas de manter a companheira em cárcere privado.

A Polícia Militar foi acionada para averiguar uma denúncia de que a mulher estava sendo mantida em cárcere privado, na Rua 47 do bairro Jardim São Cristóvão II.

A equipe se deslocou até o endereço citado e constatou que realmente se tratava de cárcere privado no qual a vítima estava sendo mantida presa há dois dias, além de agredida pelo marido Paulo Junior.

Dialogando com o suspeito, para que liberasse sua esposa, ele se recusou e agrediu verbalmente a guarnição ameaçando de morte os policiais militares.

A equipe deu voz de prisão ao agressor, instante em que partiu para cima dos policiais deferindo socos e pontapés, onde após luta corporal, foi possível imobilizá-lo. Paulo foi encaminhado para a Delegacia da mulher.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS