Violência

Vizinha mata jovem de 24 anos por vaga de emprego

Érica Oliveira da Silva, trabalhava como assistente administrativa em uma empresa de concreto no bairro onde morava. Ela foi morta a facadas

Erica tinha 24 anos e morreu após discussão contra vizinha

Um crime banal tirou a vida de uma jovem de 24 anos. Ela foi morta a facadas por uma vizinha, no último sábado (13), por causa de uma vaga de emprego. Érica Oliveira da Silva, trabalhava como assistente administrativa em uma empresa de concreto no bairro onde morava.

A família de Érica informou que a autora do crime estava desempregada e queria a vaga de emprego da vítima. Elas viviam se provocando por conta disso. A agressora também feriu outras duas irmãs da vítima. A Polícia Civil teria identificado a agressora como Angélica da Cruz.

Na noite do último sábado, Érica voltava para casa com mais três irmãs, quando Angélica viu as quatro na rua e começou com as provocações. De acordo com Rafaela Oliveira da Silva, uma das irmãs de Érica, as duas começaram a discutir e o pai, o irmão e o marido da agressora saíram na rua e começaram a provocar Érica também.

Rafaela informou ainda que durante a confusão o pai de Angélica segurou a vítima enquanto a filha a esfaqueava. Testemunhas revelaram que a faca foi entregue a suspeita pelo próprio marido, que também teve participação na morte.

Das quatro irmãs, Rafaela foi a única que não foi ferida. Ela chamou o socorro, mas por conta da demora decidiu chamar os pais e levar as irmãs para o pronto-socorro de carro.

Érica deu entrada na unidade de saúde já sem vida enquanto as irmãs foram transferidas de hospital em estado grave. Após o crime, Angélica fugiu do local e não foi mais vista.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS