Zé Doca

PM e mais 7 suspeitos são presos por explosão de banco

Quadrilha suspeita de explodir banco em Zé Doca é presa em operação da polícia. Um PM foi capturado junto com os suspeitos

Os suspeitos foram presos em duas cidades paraenses

Uma operação da Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), e Delegacia Regional de Zé Doca, em conjunto com a Polícia Civil do Pará, e Delegacia de Capitão Poço-PA, foram presas oito pessoas envolvidas no assalto ao Banco do Brasil da cidade de Zé Doca, distante 311 km da capital maranhense.
O assalto, que culminou na explosão da agência bancária, aconteceu na madrugada do dia 4 deste mês. Os suspeitos foram presos na manhã desta sexta-feira (12), nas cidades de Capitão Poço e Belém.
A polícia cumpriu mandados de prisão contra o bando suspeito do crime, sendo que um deles é policial militar do Pará.
1 – Tharllys Romão de Souza
2 – Jean Eder Coelho Costa
3 – Rodrigo Medeiros Alves
4 – Wellington Bezerra Pereira
5 – Gabriel Souza da Silva
6 – Ednizo Santos da Cruz
7 – Phellipe Carvalho Coimbra – PM do Estado do Pará
8 – Francisco de Assis Pereira
A quadrilha também é investigada pelo assalto ao banco da cidade de Capitão Poço-PA praticado no dia 30 de outubro de 2017. Durante as diligências foi apreendido duas escopetas calibre 12, dois revólveres calibre 38 e entorpecentes.
As investigações continuam no sentido de identificar os demais integrantes da quadrilha e de apreender o armamento utilizado nos crimes.
VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS