Dicas

O que não postar nas redes sociais

Postar ou não postar – como se portar nas redes sociais. Vivemos uma realidade na qual o que se fala, curte, quem segue e tudo mais pode ser usado a favor e contra profissionalmente

Todo dia postar foto na frente do espelho não é legal

A redes sociais são criadas para as pessoas se aproximarem e a interagirem, e hoje em dia já faz parte de nossas vidas, mas algumas atitudes que temos nas redes sociais não são bacanas, ou vemos isso em nossos amigos. Algumas pessoas exageram nas postagens e passam dos limites, se tornando inconvenientes.

Por isso bom senso e equilíbrio sempre é essencial, e para ajudar vamos listar 5 coisas que você não deve postar nas redes sociais.

Selfies exagerados
Tudo bem que seja lindo ver suas fotos, mas todo dia postar foto na frente do espelho, fazendo bico para o espelho ou para a câmera, usando a roupa nova que você fez questão de mostrar, fazendo caretas, comendo e até se barbeando. Em vez de parecer bonito, fica com a imagem de alguém que só quer aparecer.

Boa autoestima, nada tem a ver com postar muitas fotos! Fotos têm que ser registradas em momentos especiais, mas não quer dizer que você tenha que “clicar no flash” para tudo o que faz.

Marketing multinível por insistência
Se você trabalha com isso, vá com calma, pois quando você começa a lançar várias propostas de trabalho ao mesmo tempo, todo santo dia, toda hora, é o mesmo que estar pressionando seus amigos a comprarem algo! Você deve entender que persuasão não é tentar empurrar algo ao outro e sim fazê-lo entender porque aquilo é bom, sem tornar-se uma pessoa chata!

Fotos chocantes
Nós sabemos que existem campanhas que são benéficas a outras pessoas, que são muito importantes em questão de ajuda humanitária, mas postar fotos de crianças mutiladas, com sérios problemas de saúde, pode ser muito negativo. Primeiro que você não sabe se a foto foi cedida pelos pais e se possui autorização do responsável pela criança, segundo que você também não sabe se a campanha é verdadeira.

O melhor a fazer é entrar em contato com os pais e fazer uma doação sigilosa, sem ninguém precisar ter conhecimento. E se for divulgar uma campanha de doação que conheça, que a foto seja menos chocante, pois em fotos chocantes as pessoas normalmente não param para ler o post.

Palavrões
Educação é bom e todo mundo gosta, se não gostou de algo, tenha educação, converse cordialmente com o outro, pois escrever palavrões e xingamentos não é algo agradável para ninguém.

Baladas e Bebedeiras
Exemplos recorrentes são os impactos de constantes fotos no Facebook – ou outras redes – de bebedeiras, baladas e ‘pegação’. Não cabe a ninguém julgar o estilo de vida das pessoas, mas expor o mesmo de forma inadequada trará consequências negativas para imagem de um profissional. Hoje vivemos um momento em que o compartilhamento de informações é muito rápido, e com isso também é muito fácil ser visto e ser alvo de entendimentos errôneos e pré-conceitos nas redes sociais, não que isso seja correto, mas é recorrente as pessoas avaliarem os profissionais pelo que observam em fotos.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS