Caso Allana Ludmila

Delegado revela que boatos atrapalham as investigações

O delegado Henrique Mesquita, que cuida do caso da morte de Allana Ludmila, revelou que essas informações desencontradas atrapalham as investigações

Allana Ludmila foi encontrada morta e enterrada no quintal de casa

O caso Allana Ludmila touxe muitas dúvidas no quesito redes sociais, pois muitas informações falsas foram repassadas em grupos de whatsapp e outros aplicativos.

De acordo com o delegado Henrique Mesquita, que cuida do caso, essas informações atrapalham as investigações.

Após a menina de 10 anos ter sido encontrada enterrada no quintal da casa da mãe, na manhã desta sexta-feira (3), mais informações falsas continuam atrapalhando as investigações, que apontam para várias linhas e alguns suspeitos.

O delegado revelou que começou a circular uma foto, em que internautas diziam que não se tratavam do ex-padrasto de Allana, e sim de um policial militar falecido.

Henrique Mesquita confirmou que a foto é do suspeito e que isso apenas contribui para o desencontro de informações e prejudicam as investigações.

Robert está sendo procurado como suspeito do crime

Na última quinta-feira (2), o Disque-Denúncia recebeu várias ligações sobre o paradeiro do suspeito, mas que eram falsas e isso tem prejudicado a polícia na busca por Robert Oliveira, o ex-padrasto de Allana.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS