Entrou errado

Líder de facção que atua no país é preso em Pinheiro

O Carlos Maciel é investigado pelos crimes de homicídios e tráfico de drogas na região. No mês passado, ele trocou tiros com policiais civis e militares de Bequimão

Carlos Maciel é investigado pelos crimes de homicídios e tráfico de drogas na região

Ações policiais contra o trafico de entorpecentes culminaram na prisão de uma pessoa, suspeita de liderar uma facção criminosa no Brasil. Carlos Maciel Martins foi capturado em cumprimento de um mandado de prisão.

A operacāo coordenada pela 5ª Delegacia de Polícia Civil da Regional de Pinheiro e a Polícia Militar, através do 10º BPM, deu cumprimento a três mandados de busca e apreensão, no município, onde foi encontrado em uma das residências, um dos líderes de uma facção criminosa.

No momento da prisão, ele estava dormindo com sua companheira e não teria reagido à prisão.

O Carlos Maciel é investigado pelos crimes de homicídios e tráfico de drogas na região. No mês passado, ele trocou tiros com policiais civis e militares de Bequimão, ocasião em que o suspeito conseguiu fugir.

Investigações paralelas
Durante a ação da Policia Civil e Militar, haviam suspeitas que Carlos Maciel poderia ser encontrado no local, pois o mesmo estava foragido do município se Bequimão.

O delegado regional de Pinheiro, Carlos Renato, relatou ainda, que “com o Carlos, os policiais encontraram uma fotografia, que consta o suspeito com uma arma de fogo. A arma ainda não fora recuperada, mas a polícia continua realizabdo buscas”.

As investigações apontaram tambėm outros criminosos envolvidos na distribuição da droga nos municípios de Bequimão, Peri e Pinheiro, sendo que há outros envolvidos também presos e cumprindo pena.

Carlos Maciel foi autuado pelo crime de organização criminosa e receptação, sendo depois encaminhado para a UPR de Pinheiro, onde permanecerá à disposição da Justiça.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS