Acidente

10ª vítima da tragédia na BR-222 morre em hospital

Sobrevivente da tragédia da BR-222 não resiste aos ferimentos e morra em hospital de Imperatriz. Domingos Alves conseguiu sair do carro antes que explodisse

Domingos Alves já tinha perdido a mulher, pai, filho e nora no acidente

A décima vítima do trágico acidente que deixou nove pessoas mortas, na BR-22, nas proximidades da cidade de Açailândia, Domingos Alves dos Santos, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite desta segunda-feira (11), no Hospital Municipal de Imperatriz, o HMI.

A tragédia deixou nove pessoas mortas após dois carros colidirem no fim da tarde no último domingo. Domingos foi a única pessoa que saiu com vida da colisão.

As vítimas morreram carbonizadas dentro dos carros, e Domingos Alves dos Santos foi o único que conseguiu sair do veículo antes que ele pegasse fogo. Domingos já tinha perdido mulher, o pai, filho e nora no acidente.

Identificação das vítimas
As outras vítimas do acidente foram identificadas pelo Instituto Médico Legal (IML) de Imperatriz, na última segunda-feira (11). As nove vítimas morreram na tragédia na BR-222, onde dois carros colidiram e explodiram. O caso aconteceu no fim da tarde do último domingo (10), nas proximidades de Açailândia.

Os corpos que estavam no VW Gol foram identificados como: Paulo Barreto e Zaine de Oliveira, marido e mulher, Telma Rodrigues de Oliveira, Lilian Glayce Rodrigues de Oliveira, filhas de Zaine, além de Antônio Rodrigues, que seria sobrinho de Zaine. As vítimas eram de Santa Inês, e retornavam de Marabá, no Pará.

As vítimas do GM Prisma, que são de Imperatriz, foram identificadas como Josinalva Conceição de Sousa, Antônio Alves Almeida, Alysson da Costa Santos e Nayra Ferreira de Nelo.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS