Ações

Iluminação do Forte Santo Antônio será inaugurada

Prefeitura de São Luís conclui serviços de iluminação decorativa do Forte Santo Antônio. As obras de revitalização foram iniciadas em outubro do ano passado

As obras de revitalização do Forte Santo Antônio vão valorizar significativamente toda a área

A Prefeitura de São Luís está concluindo os serviços de iluminação artistica do Forte Santo Antônio, na praia da Ponta d’Areia. Os trabalhos, realizados pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), fazem parte das obras de revitalização do mais importante monumento histórico-arquitetônico militar do Maranhão, executadas pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), em parceria com a Prefeitura. A inauguração está marcada para sexta-feira (8), às 17h.

As obras de revitalização do Forte Santo Antônio vão valorizar significativamente toda a área, dinamizar o turismo local e proporcionar uma nova opção de lazer para moradores e visitantes, sendo mais um presente do Governo do Estado e da Prefeitura para São Luís.

As obras de revitalização do Forte Santo Antônio foram iniciadas em outubro do ano passado, para a restauração nas edificações que compõem a estrutura do monumento e a área externa. Os prédios maiores da fortaleza receberam novo piso e revestimento nas paredes, de acordo com as recomendações do tombamento. Todo o telhado também foi refeito e a estrutura que sustentava o farol, construída em Paris no século XIX, foi restaurada, assim como os canhões.

No local será instalado ainda um centro cultural, como um museu de embarcações maranhenses e um memorial, que integrará o complexo de turismo do Espigão Costeiro.

Exemplar único da arquitetura militar no Maranhão, o Forte Santo Antônio foi construído no século XVII para defender a cidade de ataques pelo mar. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1975, o imóvel é formado por três edificações, um farol e uma muralha, além de canhões, sendo alguns remanescentes do século XVII.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS