Jardim Turu

“Craw” morre durante confronto com a PM

Suspeito de liderar facção criminosa morre em confronto com policiais militares do Serviço de Inteligência

Wilton "Craw" morreu após receber a PM com tiros

Um homem suspeito de ser líder do Primeiro Comando do Maranhão (PCM), facção criminosa que atua em São Luís, morreu em confronto com policiais militares, do Serviço de Inteligência. Wilton Carlos Miranda Pereira, mais conhecido como “Craw”, de 26 anos, era morador do bairro Santa Clara, mas trocou tiros com a polícia no Jardim Turu, em São José de Ribamar, cidade localizada na região metropolitana de São Luís, na manhã desta terça-feira (8).

De acordo com informações, os policiais chegaram para cumprir o mandado de prisão em aberto, por homicídio, e foram recebidos a tiros pelo suspeito.

De imediato os PMs revidaram e Craw foi baleado. O rapaz ainda chegou a ser socorrido, sendo encaminhado a UPA do bairro Parque Vitória, mas não resistiu aos ferimentos de morreu.

Com ele foi apreendido uma arma de fogo com seis cápsulas, sendo três deflagradas. Craw tem passagens pela polícia por homicídio qualificado.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS