ROSÁRIO

“Cadela” foi morto com vários tiros

Wellington dos Santos foi encontrado pela Polícia em Rosário na região de uma jazida de areia, no povoado São Simão

Reprodução

A Polícia Militar de Rosário foi avisada pela Guarda Municipal, do achado de um cadáver em uma jazida de areia, no povoado São Simão. No local foi constatado que se tratava de Wellington dos Santos Veras, conhecido como “Cadela”, morador daquele povoado. Nas investigações preliminares, os militares ficaram sabendo que , por volta das quatro horas da madrugada, quatro homens em um carro chegaram à casa da vítima e pediram que abrisse a porta, dizendo que eram policiais. Como não foram atendidos, arrombaram a porta e levaram o homem, que foi encontrado, pela manhã, morto com perfurações de balas na cabeça e  nas costas. A Polícia Civil iniciou de imediato, as investigações para elucidar o crime identificando seus autores e as suas motivações. Consta que Cadela tinha envolvimento com o mundo dos crimes.

A Polícia Militar de Rosário foi avisada pela Guarda Municipal, do achado de um cadáver em uma jazida de areia, no povoado São Simão. No local foi constatado que se tratava de Wellington dos Santos Veras, conhecido como “Cadela”, morador daquele povoado. Nas investigações preliminares, os militares ficaram sabendo que , por volta das quatro horas da madrugada, quatro homens em um carro chegaram à casa da vítima e pediram que abrisse a porta, dizendo que eram policiais. Como não foram atendidos, arrombaram a porta e levaram o homem, que foi encontrado, pela manhã, morto com perfurações de balas na cabeça e  nas costas. A Polícia Civil iniciou de imediato, as investigações para elucidar o crime identificando seus autores e as suas motivações. Consta que Cadela tinha envolvimento com o mundo dos crimes.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS