EM ALAGOAS

Técnico do ASA fala em reforços, mas esbarra nas finanças

Após o jogo, o treinador revelou que vai indicar as posições que precisam ser mexidas, mas deixou claro que está ciente do momento financeiro do clube

Reprodução

O técnico Marcelo Vilar, do ASA, observou o desempenho do time no empate contra o Salgueiro, nesse domingo, e chegou a uma conclusão: reforços. Após o jogo, o treinador revelou que vai indicar as posições que precisam ser mexidas, mas deixou claro que está ciente do momento financeiro do clube. “Quando vim para cá eu já sabia dessa situação [financeira] e vamos fazer o que for possível. Se for solicitado, eu vou indicar em quais posições eu acho que nós temos que mexer e aí a busca vai ser feita. Já tem um trabalho feito pela gerência de futebol e vamos em busca disso”, comentou Marcelo Vilar, acrescentando ainda que o time precisa mostrar reação. “Há pouco tempo esse time fez excelentes partidas, então ficamos sempre naquela esperança de resgatar alguma coisa e ver qual jogador está conseguindo reagir. E quem não conseguir reagir vai ter que ser substituído”, comentou o treinador.

Partidas fora de casa e reencontro do treinador
O empate contra o Salgueiro não tirou o ASA da zona do rebaixamento da Série C do Brasileiro. Em cinco rodadas, o Alvinegro conquistou apenas quatro pontos. Agora o técnico Marcelo Vilar terá que preparar a equipe para dois jogos longe de Arapiraca. O primeiro será contra o Moto Club, sábado, no Castelão, em São Luís, onde Marcelo Vilar reencontra o Moto Club, time que treinou no início do ano e foi demitido após ser goleado pelo São José, pelo Campeonato Maranhense. Depois, o compromisso será diante do Cuiabá, dia 25, na Arena Pantanal.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS