MERCADO

Situação de Pimentinha virou uma “novela”

O atacante chegou perto de ser anunciado pelo Remo, porém voltou a treinar no Sampaio

Reprodução

Em entrevista coletiva após a vitória do Remo por 1 a 0 diante do Confiança, o técnico Josué Teixeira foi indagado sobre a chegada de mais dois reforços no clube para a sequência da Série C do Brasileiro: o volante Ilaílson e o atacante Pimentinha. O treinador falou especificamente de cada jogador, dando a entender, inclusive, que o homem de frente vinculado ao Sampaio Corrêa se encaixa no time titular do Leão. “As referências que tenho do Ilaílson são muito boas, positivas. É uma contratação da diretoria, eu não participei. Teve a situação que me passaram de uma saída traumática do clube, mas se a diretoria acha que não tem problema, estou aqui para trabalhar com os jogadores. O Pimentinha segura a bola no ataque, falta isso para o time, que faz transição e acaba se desgastando. Precisamos de um jogador assim, é a especialidade dele. O Edgar é de velocidade, mas não segura a bola lá na frente”.

A situação de Pimentinha virou uma “novela”. O atacante chegou perto de ser anunciado pelo Remo, porém voltou a treinar no Sampaio Corrêa. No período, sem alarde, a diretoria remista teria mantido as negociações. Ele também estaria sendo disputado por uma equipe da Série B do Brasileiro e outra do exterior. O próprio técnico Francisco Diá disse que Pimentinha dificilmente disputaria a Série C pela Bolívia Querida.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS